Vida e Obras de Charles Chaplin

Carlitos Reporter – primeiro filme de Chaplin.

Charles Chaplin esse é o mais famoso ator da época dos filmes mudos, ainda hoje seu nome é lembrado até pelos mais novos que não vivenciaram á melhor face do cinema classico.

Chaplin nasceu em Londres no ano de 1889 e iniciou sua carreira como mímico, ele fazia excursões para apresentar sua arte. Em 1913, durante uma de suas viagens pelo mundo, este grande ator conheceu o cineasta Mack Sennett, em Nova York (Estados Unidos), que decidio contrata-lo para estrelar seus filmes, esse convite foi o primeiro passo para o Sucesso de Chaplin no cinema.  

Seu personagem mais famoso foi o vagabundo Carlitos, oprimido e engraçado, este personagem denunciava as injustiças sociais. De forma inteligente e engraçada, este grande artista sabia como fazer rir e também chorar. 

Em 1918, no auge de seu sucesso, ele abriu sua própria empresa cinematográfica, e, a partir daí, fazia seus próprios roteiros e dirigia seus filmes. Crítico ferrenho da sociedade, ele não se cansava de denunciar os grandes problemas sociais, tais como a miséria e o desemprego. Produziu grandes obras como: O Circo, Rua de Paz e Luzes da Cidade. 

Adepto ao cinema mudo, Charles Chaplin era contra o surgimento do cinema sonoro, mas sendo um grande artista acabou cedendo as mudanças e logo adaptou-se e voltou a produzir suas obras primas como: O Grande Ditador (crítica ao fascismo), Tempos Modernos e Luzes da Ribalta.

Na década de 1930 seus filmes foram proibidos na Alemanha nazista, pois foram considerados subversivos e contrários a moral e aos bons costumes. Porém, na verdade, representavam uma crítica ao sistema capitalista, à repressão, à ditadura e ao sistema autoritário que vigorava na Alemanha no período. Mas o sucesso dos filmes foram tão grande em outros países, que foram sendo traduzidos para diversos idiomas (francês, alemão, espanhol, português). 

O Grande Ditador em 1940 foi o primeiro filme de Chaplin que foi inteiramente falado, era uma mistura de comédia com uma boa e irônica crítica  a política. Chaplin representava dois papéis no mesmo filme, o de um barbeiro judeu e o de ditador, um “Hitler” do país da Tomania. O personagem Benzino Napaloni de Bactéria, era uma caricatura fiel de Benito Mussolini.

Em 1947, Chaplin lançou o filme Monsieur Verdoux, um trabalho brilhante com uma distinta visão do pós-guerra e pós-Holocausto.

Sobre Mitta

Amo tudo que posso fazer, sou simples e decidida, objetiva e paciente, sou livre, mas ainda presa aos princípios da vida. Sou Publicitária e estou me especializando em Produção Multimídia, registro clicks da vida como uma mera espectadora e apreciadora da arte divina.

Publicado em 6 de abril de 2011, em Aplausos, Astros e Estrelas, Traillers e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. larissa ritielly

    nao tem tudo que eu presciso

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: