A FONTE DOS SENTIMENTOS

Image

Os sentimentos existem desde o início da existência humana e se definem como informações que seres biológicos são capazes de sentir nas situações que vivenciam, as pessoas costumam dizer que são emoções que vem teoricamente do coração, isso deve-se ao fato do coração simbolizar a vida e ser um dos órgãos do corpo de maior importância e assim, explicar a irracionalidade dos sentimentos. Porém os sentimentos que nos humanos somos capazes de sentir têm início e domínio no próprio cérebro, seja de forma consciente ou mesmo inconsciente. o que isso significa?

Significa que quando tomamos consciência da real nascente dos sentimentos, podemos sim, obter algum controle sobre eles, assim como o Amor, a Raiva, o Medo, a Dor e outros, ou seja, quando tomada à consciência de que um sentimento de amor, por exemplo, é psicológico, e pode ser criado ou destruído dentro da mente das pessoas, sendo este sentimento uma projeção do cérebro para criar algo que enlace ou mesmo que explique o querer bem, ou mesmo, o querer para si de algo ou alguém, podemos assim, manipula-lo e deixa-lo sob nosso total controle mental.

O PROBLEMA…

È que a consciência dos sentimentos e a dominação deles. Pois quando temos a consciência e “dominamos” algum sentimento como o Amor, não se têm a mesma emoção, o mesmo irracional dos sentimentos quando obtemos eles de forma inconsciente, o tornando assim algo racional de mais, sem aquela emoção do auge do amor, sem a emoção de atos impensados, e sem a sensação de se jogar de olhos fechados e ver o resultado final, se será positivo ou negativo.

Esse domínio pode ter bom resultados, quando o domínio se diz respeito ao Medo, a Raiva e a Dor, pois os atos que tomamos aos sentir esses sentimentos serão mais racionais e objetivos.

Com tudo pudemos observar que o cérebro é o culpado de tudo que sentimos e somos, e este se divide em dois extremos, o Consciente e o Inconsciente, o consciente nos manda informações pensadas e coerentes às situações, e nele temos total controle, domínio e consciência de nossos objetivos, já o inconsciente nos manda sentimentos involuntários, sem termos consciência, noção e sentido do que está acontecendo ou mesmo do que pensamos e queremos com aquilo. 

Sobre Mitta

Amo tudo que posso fazer, sou simples e decidida, objetiva e paciente, sou livre, mas ainda presa aos princípios da vida. Sou Publicitária e estou me especializando em Produção Multimídia, registro clicks da vida como uma mera espectadora e apreciadora da arte divina.

Publicado em 27 de junho de 2012, em Clássicos do cinema. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: